Bom dia pessoal,

Como havia comentando no post anterior, infelizmente a Embratel não cumpriu com seu SLA de 48 horas. Na Quinta-Feira dia 30/12 ao meio dia recebemos a ligação de uma das supervisoras de atendimento de suporte informando que o nosso caso estava sendo analisado pelo Datacenter da Embratel, porém mesmo assim sem previsão de conclusão do atendimento.

Um pouco mais tarde, recebemos a ligação da mesma supervisora informando o entre aspas o “óbvio”: Havia um problema de comunicação entre a estrutura da Embratel e Microsoft. Os Engenheiros de suporte da Embratel estavam em contato com a Microsoft.

Por volta das 17:00 hrs da ultima quinta-feira (30/12/2010), enfim após três longos dias, tivemos nosso problema solucionado.

Conseguimos obter êxito na rota de acesso ao site https://red001.mail.microsoftonline.com e os acessos ao Exchange Online foram normalizado.

Para refletir:

Uma solução na nuvem é realmente algo fascinante. as inúmeras vantagens que este modelo oferece é realmente surpreendente, porém você fica ‘escravo’ de uma conexão com a Internet.

Nos EUA, em países da Europa e até países da América Latina como a Colômbia, os investimentos em infraestrutura e redes de alta velocidade são constantes. Há também limitações de 512 Kbps para a velocidade primária de acesso a internet. (http://migre.me/DuI8), pincipio básico, porém que infelizmente não temos por aqui.

Atualmente com a computação em nuvem invadindo cada vez mais o mundo corporativo, é inviável a contratação de um link de internet que no papel é de 10 Mb e entrega na verdade 10% do serviço.

Nos deparamos com os links efetivos(dedicados), onde a velocidade contratada é realmente a velocidade a ser usada, mas nos deparamos também com a questão PREÇO. Os preços para links deste tipo são absurdamente altos.

Recentemente uma das frases da campanha de Dilma Rousseff foi ‘Meu Brasil é o da Banda Larga’, vamos ver até onde isso ira ser verdade. A Dilma ganhou e agora aguardamos ansiosos os investimentos  para redes de alta velocidades de preços acessíveis.

Ressalto mais uma vez: Suporte da Microsoft foi excelente neste e em outros casos que precisamos contata-los. Se você esta pensando em contratar um serviço na Nuvem, peço encarecidamente que olhe para o BPOS Microsoft, pois a estrutura que a Microsoft montou e continua montando para sustentar este serviço é realmente fantástica.

Felipe, mas e os outros players que oferecem o serviço? Sim, estes possuem uma solução bem abrangente também, mas não pense somente em custos e/ou valores para a migração do serviço, faça um teste com a solução e mostre para seus usuários chave. Tenho certeza que a produtividade dele será muito melhor trabalhar com um Exchange Online integrado totalmente com Outlook, Sharepointe e Office Communications.

Até a próxima!

(Agradeço pelos tweets e retweets sobre este assunto. Um grande abraço ao Carlos Monteiro e Markus Christen, duas feras que tive a oportunidade de conhecer através de palestras no TechedBr)